(12) 3622.2576 / Whatsapp (12) 99761.0072 atendimento@experiencialize.com.br

Um sistema que lembra as preferências dos clientes, pode entender fala e texto e que aprende quanto mais é usado – essa é a mágica do aprendizado de máquina. O aprendizado de máquina é usado para entender os clientes, direcionar a personalização, agilizar processos e criar experiências de clientes convenientes e memoráveis. Aqui estão 20 exemplos de aprendizado de máquina em ação.

1. Disney

Os hóspedes dos parques da Disney utilizam pulseiras MagicBand como chaves do quarto, bilhetes e pagamento. A pulseira coleta informações sobre onde os convidados estão no parque para recomendar experiências e até mesmo encaminhar pessoas em áreas movimentadas.

2. Progressive

A companhia de seguros usa a telemática para rastrear os hábitos e o histórico de direção de seus clientes, o que ajuda a prever o risco de acidentes e fornece políticas mais precisas e personalizadas.

3. Burberry

Os acessórios de luxo da Burberry são alguns dos mais falsificados do mundo. A empresa usa o reconhecimento de imagens para digitalizar apenas uma pequena parte de uma bolsa e determinar sua autenticidade com base no padrão, textura e tecelagem.

4. American Express

A AmEx detecta fraudes em tempo real, analisando rapidamente milhões de transações para identificar quais cobranças não são reais. O serviço rápido significa que os clientes podem resolver o problema quase instantaneamente.

5. Netflix

A gigante do streaming recomenda filmes e séries com base nas preferências de cada espectador, dados demográficos e histórico de exibição. Setenta e cinco por cento do que as pessoas assistem vem de recomendações.

6. North Face

A marca de equipamentos para atividades ao ar livre usa um personal shopper alimentado por máquina para ajudar os clientes a encontrar o revestimento perfeito. Basta digitar onde você está indo, responder a algumas perguntas e obter recomendações para o melhor equipamento.

7. BMW

Quanto mais você dirige um BMW aprimorado por IA, mais ele aprende sobre você. O carro usa aprendizado de máquina para ajustar automaticamente os sistemas e a experiência de cabine para cada motorista.

8. Yelp

Usuários do Yelp passam mais tempo olhando fotos do que qualquer outra coisa. O site de revisão usa aprendizado de máquina para categorizar suas imagens para que os usuários possam ver facilmente o que é mais importante para eles.

9. HubSpot

A HubSpot usa aprendizado de máquina para identificar os eventos desencadeadores de seus clientes B2B, como novas lideranças ou mudanças estruturais. Ele usa esses dados para apresentar serviços que correspondem ao crescimento e às alterações de cada cliente.

10. JPMorgan Chase

O banco agiliza a correspondência com aprendizado de máquina que analisa documentos e extrai informações importantes. Em vez de levar horas para classificar documentos complicados, os clientes agora podem ter informações em segundos.

11. Starbucks

O aplicativo lembra as bebidas favoritas de cada cliente e é adaptado às suas preferências para que todos tenham uma experiência única e conveniente. Os clientes podem encomendar facilmente suas bebidas personalizadas favoritas via celular.

12. Nike

Quando os clientes projetam seus próprios sapatos na loja, eles estão fazendo mais do que apenas criar o par perfeito de tênis. O programa também coleta informações para recomendar outros estilos de calçados que possam gostar.

13. Urban Outfitters

O processo automatizado de identificação de produtos da Urban Outfitters rotula cada produto com base em características detalhadas como impressão, decote e ajuste, o que facilita para os clientes encontrar exatamente o que estão procurando.

14. MedWhat

Em vez de esperar por um médico, os usuários podem conversar com o chat do MedWhat a qualquer hora do dia ou da noite. O bot usa aprendizado de máquina para fornecer diagnósticos precisos e opções de tratamento.

15. Instagram

O aprendizado de máquina é enorme para publicidade direcionada no Instagram, mas também ajuda a excluir comentários ofensivos procurando padrões e determinadas palavras. Excluir spam e recomendar imagens relevantes mantém a experiência atualizada e personalizada.

16. Uber

O serviço de compartilhamento de passeio é impulsionado por dados. Os algoritmos usam dados de passeios anteriores para combinar com pilotos e motoristas e determinam quanto tempo levará para que os motoristas cheguem. O sistema fica mais inteligente quanto mais é usado.

17. TechCrunch

O chatbot do TechCrunch facilita o acompanhamento de notícias sobre tecnologia. O bot rastreia os artigos que cada pessoa lê e entrega novos artigos que eles gostariam. Isso ajuda a diminuir a enorme quantidade de informações disponíveis.

18. Amazon

Um escalonamento de 35% das vendas da Amazon vem de recomendações. O website acompanha o histórico de visualizações e compras de cada cliente para encontrar apenas os produtos certos a serem recomendados.

19. Pinterest

Tem uma receita para compartilhar ou um ofício para criar? Os algoritmos do Pinterest usam o aprendizado de máquina para conectar usuários a outros conteúdos que possam interessá-los e, ao mesmo tempo, remover spam e postagens irrelevantes.

20. Wells Fargo

Os clientes podem facilmente obter informações rápidas através do chatbot com tecnologia AI. Em vez de preencher formulários longos, um bate-papo rápido com o bot pode se conectar a detalhes da conta ou à manutenção.

As muitas aplicações do aprendizado de máquina fazem dele uma ferramenta poderosa na criação de experiências incríveis para os clientes.

*Texto escrito em inglês por Blake Morgan e traduzido para a Experiencialize.

Continue no Blog da Experiencialize e confira outros textos como esse!

Compartilhe

 

DESCUBRA

OS 7 PASSOS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS 

CRIANDO UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA PARA SEUS CLIENTES.

BAIXE O E-BOOK GRATUITO