(12) 3622-2576 / Whatsapp (12) 12 99761-0072 atendimento@experiencialize.com.br

A nova dinâmica de trabalho das startups para inovar criou a necessidade de novas habilidades, muitas delas antes eram consideradas apenas talentos ou dons.

São Paulo – Está sonhando em trabalhar em uma das melhores startups do Brasil? Então você precisa se preparar para um ambiente diferente das empresas tradicionais, que exige uma mentalidade e habilidades diferentes.

Continue com a gente e se liga nessas dicas selecionadas no Portal Exame:

O preço da inovação é o risco. Segundo André Tanesi, CEO da Descola.org, escola de cursos online voltados para inovação e empreendedorismo, essa é uma das principais diferenças das startups: lidar com um ambiente instável e cheio de riscos.

“Para mim, isso é muito bom, mas tem gente que não se adapta. Nas startups, você está sempre fazendo coisas novas e em busca de modelos novos de negócio. Isso pede que o profissional esteja preparado para se movimentar de forma rápida. O trabalho é mais dinâmico e menos burocrático, o que pode assustar um pouco”, fala Tanesi.

Leia também: 10 tendências para o SXSW 2019.

A nova dinâmica de trabalho para inovar criou a necessidade de novas habilidades, muitas delas antes eram consideradas apenas talentos.

“Com o acesso a cursos e conteúdo online, cada vez menos a gente olha para essas habilidades como um dom. Todas podem ser desenvolvidas por diversos caminhos”, diz o CEO.

Com as mudanças no mercado de trabalho, elas podem se tornar valiosas para profissionais em outras áreas. No entanto, ao procurar um emprego dentro de uma startup, um currículo que lista estas habilidades vai se destacar. Confira:

Criatividade

Útil em qualquer área, o olhar criativo é muito valorizado no ambiente de inovação. Afinal, para encontrar novas soluções é preciso sair do caminho conhecido. “Ter a visão de criatividade sempre aflorada aqui é estar constantemente buscando novas formas de resolver a dor do cliente”, fala Tanesi.

Olhar para oportunidades

Dentro de cada desafio pode haver uma oportunidade. Esse é pensamento que as startups buscam em seus colaboradores. “Você precisa estar muito atento a cada evidência e cada problemas. Olhar onde tem gambiarra e enxergar uma oportunidade de solução”, diz ele.

Growth Hacking

Habilidade fundamental para a área de marketing de uma startup, pois ajuda a entender sobre modelos de crescimento exponencial. “É uma coisa nova e importante, voltada para dados e com base tecnológica. Com isso, você entende o cliente e seu comportamento, usando essa informação para o negócio crescer”, explica o CEO.

Métodos Ágeis

Como o modelo de trabalho nas startups é rápido e dinâmico, o profissional precisa ter uma gestão ágil de seu cotidiano e atividades. “Scrum é o principal método ágil hoje em dia. A vantagem competitiva das startups é a velocidade. Para ser mais veloz, você precisa acompanhar com processos ágeis”, fala ele.

Storytelling e oratória

Saber contar boas histórias e falar bem em público caminham lado a lado nas startups. Não basta inovar, é preciso engajar e encantar o público com as ideias novas. “Você precisa apresentar produtos, fazer o pitch da empresa para investidores e posicionar o negócio dentro do mercado”, explica ele.

Autogestão

Uma das características mais faladas do trabalho em startups é a autonomia. Com a mudança na hierarquia e sem manual para as atividades que estão sendo criadas, é preciso saber gerir seu tempo e responsabilidades para manter a produtividade.

“O modelo é mais horizontal e menos burocrático, isso resulta em maior liberdade. Para mim foi muito difícil no começo fazer a autogestão. Aprender essa habilidade é muito importante e um diferencial”, comenta o CEO.

BMC e Visual Thinking

O Business Model Canvas é uma das ferramentas mais usadas por empreendedores. Segundo Tanesi, o Visual Thinking é um método para organizar as múltiplas ideias e conceitos de forma visual. “Todos os modelos novos são baseados no Canvas. Ajuda na empresa, projetos e na análise de concorrência. É uma ferramenta para sempre ter em mãos”, diz ele.

Habilidades comportamentais

Diante da evolução da inteligência artificial e da futura automação de tarefas, as habilidades relacionadas ao comportamento têm ganhado destaque no mercado de trabalho como vantagem competitiva. Entre elas, liderança, resiliência, pensamento crítico e analítico, proatividade e inteligência emocional.

Saiba como criar uma cultura de inovação em sua empresa! Palestra: Inovar ou Morrer, com Manoel Carlos Júnior.

Compartilhe

 

DESCUBRA

OS 7 PASSOS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS 

CRIANDO UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA PARA SEUS CLIENTES.

BAIXE O E-BOOK GRATUITO