Com o passar dos anos, o marketing vem se aperfeiçoando incessantemente para alinhar as diversas mudanças a fim de se adaptar às características dos novos perfis geracionais.

Compreender as características de cada geração é fundamental para que sua empresa possa direcionar e adaptar suas estratégias de forma eficiente.

Perfil geracional é o conjunto de características de um grupo de pessoas que nasceram em determinado espaço de tempo e são moldadas segundo a realidade de sua época.

Conheça quais são e como agem essas gerações:

Baby boomers

Conhecida como a geração que inventou o “paz e amor”, são as pessoas que nasceram entre 1945 e 1964, e que tiveram grande papel nas lutas sociais e nos avanços tecnológicos.

São um pouco avessas às tecnologias e às mudanças, principalmente no ambiente de trabalho. Procuram sempre manter a sua estabilidade no emprego, preferindo ser reconhecidas por meio de sua experiência e hierarquia.

São líderes totalmente workaholics, que preferem a qualidade e utilizam suas experiências passadas como base para avaliar o futuro, sendo bastante firmes e maduros em suas decisões.

Geração X

Essa geração compreende os nascidos entre 1965 e 1980. Sua principal característica é a busca da recompensa pelo mérito. Assim como os baby boomers, prezam por uma carreira linear, com segurança e estabilidade, mas sempre em equilíbrio com a vida pessoal.

Eles acompanharam o surgimento da tecnologia e têm certa afinidade com ela.

Os que pertencem a essa geração costumam ter um perfil de liderança mais centralizador e menos atento às demandas da equipe como um todo, alcançando suas metas por meio da hierarquia e de análises de resultados de médio e longo prazo.

Em suas compras, prezam muito mais a qualidade do que preço.

Geração Y (millennials)

Essa é, sem dúvida, a geração que tem o perfil mais ousado. Os nascidos entre 1980 e 1995 são mais otimistas que a geração anterior, agitados e imediatistas.

Não são muito consumistas, e vários afirmam ser contra o processo capitalista. Eles não têm pressa em sair da casa dos pais e não são apegados ao consumo de modo geral, visto que não pensam em adquirir um veículo tão cedo, por exemplo.

Não são fiéis a marcas, e buscam substituir tudo por tecnologias, como livros por e-readers e cadernos por notebooks.

Buscam a realização pessoal acima da realização profissional, por isso é muito comum trocarem de emprego com frequência, o que lhes confere uma certa instabilidade financeira.

Geração Z

São os que entraram no mercado de trabalho há menos tempo. Essa geração é formada pelos nascidos entre 1995 e 2010. Sua principal característica é a sua relação de simbiose com a tecnologia.

Eles não viveram em um mundo sem computadores e sem internet, e demonstram grande dificuldade de separar sua vida on-line da off-line. Para eles, essa fronteira não existe.

A Geração Z possui o conceito de mobilidade internalizado, são totalmente conectados, críticos e se preocupam com a preservação do meio ambiente.

Devido à alta conectividade, buscam centralizar toda sua comunicação em apenas um dispositivo e consideram a conexão à internet como um elemento básico da casa, como água e luz.

O maior desafio das empresas é conseguir atingir essas diferentes gerações que compões o mercado, de forma eficiente, criando estratégias para se relacionar com cada uma delas e como extrair o melhor de cada geração.

Agora que você conhece o comportamento dos perfis geracionais, compartilhe essa informação em suas redes sociais e ajudar a espalhar o conhecimento!

 

Baixe agora nosso eBook e fique por dentro!