Cinco sentidos alinhados, um bom storytelling, sensação de pertencimento, máxima atenção aos detalhes e finalizar com um grande UAU, empresas que sabem como transformar seus clientes em fãs. Vamos saber um pouco mais sobre mais uma jornada de sucesso?

PAZ, AMOR E SORVETES

     Sorvetes com nomes divertidos e que te deixam com vontade de experimentar um de cada, com sabores diferentes e conhecidos mundialmente por sempre entregar algo a mais, essa é a grande rede Ben and Jerry’s. Tivemos a honra de visitar a maior loja do Mundo, localizada na Rua Oscar Freire em São Paulo, SP. Ao chegar na esquina fomos rapidamente seduzidos pelo aroma doce e reconfortante que nos remetia à infância. A experiência começa logo ali.

     Pouquíssimas histórias dão certo quando começam por um curso de fabricação sorvete por correspondência, mas essa marca teve uma trajetória diferente. A Ben & Jerry’s tem um storytelling poderoso e de sucesso, eles sabem como ninguém contar sua história e fazer com que você se sinta parte dela. O envolvimento é tão grande que os funcionários parecem ter vivenciado cada momento daquilo, é como se os famosos Ben e Jerry estivessem contando seu passos enquanto degustam um sorvete ao seu lado. Uma incrível sensação de pertencimento.

     A insatisfação pelos sorvetes da época, a vontade de ser livre e a vontade de mudar o Mundo uniu os amigos Ben Cohen e Jerry Greenfield. Após terminarem a faculdade, os dois resolveram investir cinco dólares em um curso de fabricação de sorvete por correspondência, e assim começou a trajetória. Anos mais tarde, após conseguirem juntar 12 mil dólares a dupla abriu a sua primeira sorveteria, no dia 5 de maio de 1978. Em um posto de gasolina reformado, uma dupla que não se encaixava nos padrões sociais de sucesso, iniciou-se a grande marca Ben & Jerry’s.

MARKETING CONSCIENTE

     A marca nos faz ver sorvete além de uma opção para aliviar o calor. Ao olharmos mais de perto vemos que a marca tem um grande engajamento social. A Ben & Jerry acredita que seu negócio tem a responsabilidade de devolver a comunidade, parte do que a comunidade lhe dá. Nisso, surgiu a ideia do Free Cone Day, dia inteiro de sorvete grátis para todos os consumidores, todo dia 5 de maio.

    E não para por aí não, além das combinações criativas de sabores, como amendoim e pipoca e banana com nozes, a empresa tem uma forte causa emocional, e pratica o comércio justo (“fair trade”). De acordo com a empresa, os seus 50 sabores são produzidos com matéria-prima de países em desenvolvimento, com o objetivo de reduzir os desequilíbrios que contribuem para a pobreza no Mundo. No ano de 1985, a empresa criou uma instituição para financiar projetos filantrópicos e passou a doar 7,5% dos lucros anuais para a Fundação Ben & Jerry’s. A sorveteria também se posiciona contra diversas causas, como a exploração de petróleo em refúgios ecológicos no Alasca e a clonagem.

 AMOR PELO SEU NEGÓCIO

     Ficou sem fôlego e extasiado pela marca? Temos mais um exemplo que demonstra uma grande causa emocional. A inauguração da loja no Brasil teoricamente seria apenas a abertura de mais uma loja entre as 600 lojas espalhadas através de 33 países, certo? O fundador não precisaria estar aqui. Afinal, sua marca foi comprada por um gigante, a Unilever. Mas Jerry fez questão de estar presente, falando com todos e com um sorriso contagiante. Isso que é o efeito UAU.

     Isso nos mostra a lição de que não construímos uma grande marca de um dia para o outro, mas histórias como essa mostram que nada é impossível e, se você fizer um bom trabalho, colocando uma causa emocional naquilo que faz, dando atenção a todos os detalhes, seus consumidores irão perceber e se tornar seus fãs.

Compartilhe

 

DESCUBRA

OS 7 PASSOS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS 

CRIANDO UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA PARA SEUS CLIENTES.

BAIXE O E-BOOK GRATUITO