Como amante do futebol, sempre fiquei atento aos fenômenos que surgem e desaparecem de forma meteorica, mas, sobretudo, a cases como o do FC Barcelona, sobre o qual decide pesquisar mais a fundo e organizei uma missäo formada por empresários e consultores para analisar ao vivo e a cores essa verdadeira love mark do futebol mundial.

Muito mais que um fenômeno passageiro, como tantos que surgem e desaparecem quase instantaneamente, o Barcelona tem história, aliás uma bela história. Desde sua fundaçäo, em 1899, o Barcelona tem suas peculiaridades e muito charme a começar por sua criação feita por um suíço Joan Gamper um então apaixonado pelo novo esporte que os ingleses acabaram de inventar, que reúne imigrantes como ele e representantes catalães de Barcelona, todos com algo em comum a paixão pelo novo esporte.

Estava neste momento delineado o DNA do Barcelona: uma reunião de amantes do futebol, com representantes da Catalunha e do resto do mundo. E é assim até hoje, quando se unem no mesmo time Iniesta, Pique com Messi e Neymar. Portanto, estava definida com clareza a causa emocional do Barça: a paixão pelo futebol. A partir daí, poucas organizações souberam contar tão bem uma história como o Barcelona. Sua narrativa mistura aspectos como a jornada do herói com personagens do quilate do mítico jogador holandês Johan Cruyf, falecido recentemente, com a do combate ao inimigo comum, no caso o poderoso Real Madrid, que representa o opressor e ditador espanhol Franco.

Toda sua história é contada de forma magistral num tour que eles chamam de Barcelona Experience, que os turistas pagam 23 euros para conhecer toda a história do clube com uma riqueza audiovisual sem precedentes, além de conhecer o mítico Camp Nou, o lendário estádio do Barça. Emoção do início ao fim. A saída desse tour pelo museu e estádio, desemboca numa loja oficial da Nike/ Barcelona com 2000 m2 em três andares, capaz de dar inveja na Disney. Primeiros somos aturdidos pela marca depois somos submetidos a uma experiência de consumo estarrecedora.

Parece até covardia. Mas nossa pesquisa in loco não parou por aí.Precisávamos presenciar como o Barcelona entrega o “produto” que promete. Fomos assistir à partida entre o Barcelona X Sporting Gijon, pelo campeonato espanhol. Vestimos a camisa do Barça que havíamos comprado no dia anterior e No caminho ao estádio, junto com outras centenas de torcedores uniformizados nos sentíamos cules ( forma carinhosa pela qual os torcedores do Barça são chamados), a sensação de pertencimento ao Barça já era total. Parecíamos torcedores do Barça desde criancinhas.

Na chegada ao estádio, mais surpresas nos esperavam, nos deparamos com algo muito escasso em terras tupiniquins: respeito. Tranquilidade para entrar, os seguranças nos dá am boas vindas é uma banca de flores presenteava todas as mulheres com um botão de rosas envolvidas com um papel com o brasão do time. Encanto! Bom vamos ao jogo. O jogo só pertencia a um time. Barça 6 a O, com direito a gos do tridente Messi, Suarez e Neymar e muitas jogadas bonitas de levantar o público. Uau! O Barça entregou muito mais que um jogo, entregou um espetáculo memorável que faz jus ao seu slogan: muito mais que um clube.  MANOEL CARLOS JUNIOR.

Confira os depoimentos de Marcelo Ortega e Gil Giardelli, dois dos meus companheiros da viagem à Barcelona: