Marketing de experiência é uma estratégia do marketing utilizada para sensibilizar as sensações e emoções do consumidor.

Seja essa sensação boa ou ruim, tudo conta ponto de como a marca é vista pelos clientes e o mercado em geral.

Essas impressões podem fidelizar seu cliente para sempre e transformar seu público em fãs que indicarão sua marca a outros.

O que precisa ser feito para você chegar nesse patamar e quais os benefícios disso?

Continue a leitura e fique por dentro do significado e da importância dessa estratégia!

Engajamento positivo x Engajamento negativo

Toda empresa deve se manter na linha a todo tempo. Um pequeno deslize pode fazer desmoronar anos de sustentação de marca.

Um bom exemplo disso foi o caso da United Airlines que, após vender mais passagens do que poltronas (o infelizmente comum overbooking), arrastou um de seus clientes para fora do voo à força. Em um dia, as ações da companhia aérea caíram mais de R$ 850 milhões!

O problema da companhia aérea é muito maior que o processo que provavelmente sofrerá do passageiro em questão. A experiência que os outros 300 passageiros tiveram nesse voo foi péssima e se espalhou em vídeos pela internet, trazendo mais problemas à United.

O contrário também ocorre: boas experiências são compartilhadas online e trazem sucesso aos bons empresários.

Experiências boas trazem clientes ótimos

No outro lado dessa história temos exemplos de casos que, ao proporcionar boas experiências, contribuem para um aumento significativo da clientela. A oficina mecânica do Sr. Jorge e da D. Margarida atendeu bem o Omar, que sofria sem o ar condicionado do carro em um dia quente no Rio de Janeiro.

Depois que o cliente passou em duas outras oficinas e recebeu orçamentos caros e desnecessários, o Sr. Jorge resolveu o problema em um minuto, colando dois fios, e de graça.

Essa experiência incentivou o cliente a compartilhar nas redes sociais um texto indicando o serviço da oficina. Agora a oficina está cheia de clientes pagantes e, para consertar o carro lá, precisa ter hora marcada!

Óbvio que ganhar algo é bom. Mas o que vale aqui não é a economia, e sim a sensação de não ser enganado e de poder confiar em um prestador de serviços.

O marketing de experiência atua como extensão da marca

O basquete é um esporte mundialmente famoso, mas o grande centro em que os melhores jogadores querem estar é a NBA, nos Estados Unidos. Isso facilita muito que os norte-americanos se esbaldem em interações com os atletas e contato com as marcas.

Porém, fora dos EUA o impacto da NBA era muito menor, já que apenas assinantes de TV a cabo e somente os fãs com mais afinco tinham contato com o esporte.

Pensando nisso, a NBA começou a expandir seus horizontes com o NBA Home. É um centro esportivo que é espalhado em outros lugares do mundo além dos EUA.

Nesses locais, há eventos com os jogadores, treinos, jogos amistosos e, em alguns casos, até jogos oficiais da NBA. Dessa forma, a experiência do fã de NBA no Brasil, por exemplo, fica muito mais completa.

Atualmente a NBA vende muito mais produtos no Brasil do que antes, pelo simples fato de estender a experiência que os norte-americanos têm com a NBA para o resto do mundo.

Agora que você já sabe como o Marketing de Experiência influencia o sucesso de uma empresa, veja nosso post sobre os 6 benefícios do Marketing de Experiência para sua empresa.

Compartilhe

 

DESCUBRA

OS 7 PASSOS PARA AUMENTAR SUAS VENDAS 

CRIANDO UMA EXPERIÊNCIA ÚNICA PARA SEUS CLIENTES.

BAIXE O E-BOOK GRATUITO